segunda-feira, 7 de maio de 2012

QUERENDO SE APARECER, DEFAMANDO AS PESSOAS DE BEM!

Vereador disse que Beto Azevedo estaria arquitetando sua morte. Prefeito se defende: “Jamais faria isso. Minha criação não permite isso”.

O vereador de São Francisco de Itabapoana Fábio das Neves Moreira, o Fabinho do Estaleiro, procurou alguns órgãos de imprensa na noite desta segunda-feira , para tornar público um plano que estaria sendo articulado para assassiná-lo. Fabinho disse que é o prefeito Beto Azevedo quem estaria tramando o plano.“Fui procurado por uma autoridade policial que confirmou um esquema tramado para me assassinar. A autoridade relatou essa descoberta, e que o prefeito Beto Azevedo é o mentor. Três pessoas do Rio de Janeiro e duas da região, incluindo um policial civil que se recusou a participar do esquema, foram contatados para porem o plano em ação”, relata Fabinho. O parlamentar disse que foi orientado a sair do município, mas vai continuar os trabalhos da CP – Comissão Processante, criada na Câmara para apurar se o prefeito Beto Azevedo tem responsabilidade no esquema de desvio de verbas da Saúde.“Isso é a maior calúnia do mundo. Vou abrir um processo por danos morais contra ele. Fabinho quer se promover à custa de uma mentira. Jamais eu faria isso. Minha criação não permite algo dessa natureza. Eu estou sendo vítima de perseguição, e até da política resolvi me afastar. No que depender de mim o vereador pode ficar tranquilo. Fabinho deve jogar limpo e parar de enganar as pessoas se fazendo de vítima. O que ele quer é ibope”, disse Beto. Ainda de acordo com Fabinho, o procurador da Câmara Municipal de SFI Sérgio Vitor foi testemunha dessa conversa com a autoridade policial, e na condição de Procurador da Câmara ele disse que não vai se manifestar sem antes falar com o presidente da Câmara, vereador Tinhinho e com o próprio Fabinho do Estaleiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário